FATO 55 – DESCOBRIMENTO DO BRASIL


AS MENTIRAS DO “DESCOBRIMENTO” DO BRASIL E DA “INDEPENDEÊNCIA” DO BRASIL FEITAS PELOS CAVALEIROS TEMPLÁRIOS, ATUAIS MAÇONS.

Quando você estudar a história do Brasil, lembre-se dos cavaleiros templários e agradeçam a eles a MENTIRADA que você teve que decorar a vida inteira, como se fosse um teatro de palhaçada. Eles envegonham a história do Brasil. Mais uma mentira, nunca foram patriotas, Os cavaleiros templários criaram as maiores MENTIRAS sobre o descobrimento do Brasil e da Independência Brasileira, para acobertar as suas falcatruas com maçom D. Pedro I, com o maior desrespeito a uma nação. Monte em cima de uma égua às margens de um rio, levante uma espada e grite independência ou morte. Se virar presidente do Brasil, me avise porque eu acredito em papai noel.

Está escrito – Isaías 26: 2 “Abri as portas, para que entre nela a nação justa, que observa a VERDADE.”

Grandes Personagens da Nossa história, Cabral, Abril Cultural, 1969, 3ª capa, “Mapa de Cantino”. Mapoteca do Ministério das Relações Exteriores, Rio de Janeiro, LEMOS que “Os Templários tinham em suas mãos relatórios reservados (secretos) de navegadores que já haviam percorrido regiões desconhecidas e ver preciosidades como as tábuas de declinação magnética, que permitiam calcular a diferença entre o pólo norte verdadeiro e pólo norte magnético que aparecia nas bússolas. E à medida que as conquistas avançavam no Atlântico, eram feitos novos mapas de navegação astronômica, que forneciam orientação pelas estrelas do hemisfério sul, a que também unicamente os iniciados tinham acesso.

Pedro Álvares Cabral só esteve no comando da esquadra porque como iniciado era Cavaleiro da Ordem de Cristo (herdeira da Ordem dos Cavaleiros Templários) e como tal, tinha duas missões: criar uma feitoria na Índia e, no caminho, tomar posse de uma terra já conhecida (Brasil). Sua presença era indispensável pois só a Ordem de Cristo, herdeira da Ordem dos Cavaleiros Templários tinha autorização para ocupar os territórios tomados dos infiéis (profanos?)”. – (da Internet).

Numa manhã de 1859, o Sr. Giuseppe Bani, de Módena, Itália, entrou numa salsicharia. Enquanto esperava que o merceeiro o atendesse, passou a examinar uma planta da loja, cujo forro era feito de pergaminhos desenhados. Esquecido das salsichas, o Sr. Bani, diretor da Biblioteca Estense de Módena, pagou bom preço pelos pergaminhos. Verificou que se tratava da mais antiga carta conhecida onde aparecem o Brasil e a linha das Tordesilhas. Era a primeira vez que se incluíam estas informações, porque os reis portugueses PROÍBIAM sua divulgação (tudo secreto). Para conseguir um mapa completo, Alberto Cantino, espião italiano, teve de subornar um cartógrafo de Lisboa, pagando-lhe 12 ducados de ouro, mas recebeu um bom trabalho.

O artista anônimo, que quase certamente pertenceria às oficinas reais, reproduziu todas as terras conhecidas por Portugal, chegando ao requinte de assinalar a ilha de Ascensão, de localização tão recente que seus descobridores ainda não haviam regressado. O “Mapa de Cantino” (como ficou conhecido) data de 1502 e mede 105 cm x 220 cm. Mostra ainda a costa oriental da América do Norte, que só seria oficialmente descoberta dez anos mais tarde.

COMENTÁRIOS: OLHEM AS MENTIRAS DAS HISTÓRIAS DOS DESCOBRIMENTOS

Quem descobriu o Brasil?

Você aprendeu: Um mero acaso a caminho das Índias. Assim Cabral descobriu o Brasil, em 1500.

Outras Versões: Em missão secreta Duarte Pacheco Pereira teria chegado em 1448. Outros ibéricos a aportar aqui antes de Cabral podem ter sido Américo Vespúcio, Yanez Pinzón e Diego de Lepe. E há quem defenda que chineses não só estiveram aqui, como fizeram filhos com as índias.

1467 ou 1468 – Filho de Fernão Cabral e Isabel Gouveia, nasce no Castelo de Belmonte, na Beira Baixa, Pedro Álvares.

1470 – Lopo Gonçalves passa o equador e navega pela primeira vez no  hemisfério sul.

1478 – Pedro Álvares viaja para Lisboa, onde ingressa na Corte do Rei Afonso V.

1481- Dom João II sucede a Afonso V no trono português. A navegação ganha novo impulso.

1487 – Bartolomeu Dias contorna o cabo da Boa Esperança, chegando à costa oriental da África.

1492 – A serviço dos reis de Aragão e Castela, Cristóvão Colombo chega à América.

1492– Os mouros são expulsos da Espanha.

1494 – Portugal e Castela assinam o Tratado das Tordesilhas.

1495 – Morre Dom João II e Dom Manuel, que seria chamado “o Venturoso”, sobe ao trono de Portugal.

1497/99 – Viagem de Vasco da Gama, que chega às índias pelo Sul da África.

1500 – Dom Manuel resolve organizar uma grande esquadra para estabelecer feitorias nas Índias. Para comandá-la chama Pedro Álvares Cabral.

9 de março: Início da viagem de Cabral. 22 de abril: A esquadra chega ao Brasil.

1ºde maio: Dom Henrique Soares, de Coimbra, celebra a primeira missa no Brasil.

2 de maio: A nau de Gaspar de Lemos retoma a Portugal, levando a carta de Pero Vaz de Caminha. Os demais navios seguem para as Índias.

13 de maio: Quatro embarcações, entre as quais, a de Bartolomeu Dias, são destruídas pela tormenta.

13 de setembro: A esquadra chega a Calicute, na Índia.

1501 – (junho) – Seis navios remanescentes da Grande Esquadra chegam de retorno ao Tejo. Cabral é recebido com festas.

Quer saber mais…veja na SUPER INTERESSANTE.

QUEM ESTÁ TOCANDO?


Um organista da igreja estava a praticar uma peça de Felix Mendelssohn e não estava conseguindo. Frustrado, ele recolheu a sua partitura e resolveu sair.

Ele não tinha notado que um estranho tinha entrado e se tinha sentado num banco na parte de trás da igreja.

Quando o organista se volveu para sair, o estranho avançou e perguntou se podia tocar a peça.

“Eu nunca deixo ninguém tocar neste órgão!” veio a resposta mordaz.

Finalmente, após mais dois pedidos corteses, o músico amuado deu a sua permissão com relutância. O estranho sentou-se e encheu o santuário com música bela e sem falhas.

Quando terminou, o organista perguntou: “Quem é você?”

O homem respondeu: “Sou Felix Mendelssohn.”

O organista tinha quase impedido o criador da música de tocar a sua própria melodia!

Há momentos em que também nós tentamos tocar as cordas das nossas vidas e impedimos o nosso Criador de criar música bela.

Tal como aquele teimoso organista, nós apenas tiramos as nossas mãos das teclas com relutância.

PENSAMENTOS INTERESSANTES!


“A árvore quando está sendo cortada, observa com tristeza que o cabo do machado é de madeira.”
(Provérbio Árabe)

“Ser pedra é fácil,… O difícil, é ser vidraça.”
(Provérbio Chinês)

“Ninguém experimenta a profundidade de um rio com os dois pés.”
(Provérbio Africano)

“Ao término do jogo, o rei e o peão voltam para a mesma caixa.”
(Provérbio Italiano)

“Quando as armas estão prontas…O bom senso vai-se embora.”
(Provérbio Árabe)

“Quem estuda e não pratica o que aprendeu, é como o homem que lavra e não semeia”
(Provérbio Árabe)

“Tudo o que acontece uma vez, pode nunca mais acontecer…
Mas tudo o que acontece duas vezes, acontecerá certamente uma terceira.”
(Provérbio Árabe)

“A gente tropeça sempre nas pedras pequenas,
Porque as grandes a gente logo enxerga.”
(Provérbio Japonês)

“Pouco se aprende com a vitória,…Mas muito com a derrota.”
(Provérbio Japonês)


Noventa por cento do que escrevo é invenção. Só dez por cento é mentira.
— Manoel de Barros.

A verdade de nada se envergonha, exceto de estar oculta.
— Lope de Vega.

A verdade é sempre concreta.
— Friedrich Hegel.

A mentira é como uma bola de neve. Quanto mais a gente prossegue com ela, maior fica.
— Martin Luther King.

Caluniadores são como o fogo que enegrece a madeira verde, sem conseguir jamais queimá-la.
— François Marie Arouet.

A mentira que é meia-verdade é de longe a mais hedionda das mentiras.
— Alfred Tennyson.

Repetições não transformam a mentira em verdade.
— Franklin Delano Rooselvelt.

Na origem das mentiras está a imagem idealizada que temos de nós e queremos transmitir aos outros.
— Anais Nin.

Temos de fazer o melhor que pudermos. Essa é a nossa sagrada responsabilidade humana.
— Albert Einstein.

A verdade é um espelho que caiu das mãos de Deus e se quebrou. Cada um recolhe o pedaço e diz que toda a verdade está naquele caco.
— Provérbio Iraniano.

Quando se exclui de uma situação todas as impossibilidades, o que sobrar, por mais improvável que pareça, deverá ser a verdade.
— Arthur Conan Doyle.

Diga a verdade e saia correndo.
— Provérbio Iugoslavo.

As pessoas que falam muito, mentem sempre, porque acabam esgotando seu estoque de verdades.
— Não há fatos eternos, como não há verdades absolutas.
— Crianças e tolos falam a verdade.
— John Lyly.

Se tudo que existe na face da terra é verdade, a mentira também é uma verdade.
— João Bosco.

A verdade é uma verdade contra a qual não há contestação.
— Bruder Klein.

Uma das mentiras mais fecundas, interessantes e fáceis é fazer a pessoa mentirosa pensar que acreditamos no que ela nos diz.
— Sacha Guitry.

Fala a verdade, mesmo que ela esteja contra ti.
— Alcorão.

Mentir não é apenas dizer o que não é. É também, e sobretudo, dizer mais do que é e mais do que sente. É o que fazemos todos os dias para simplificar a vida.
— Camus.

A verdade é dura como o diamante e macia como a flor de pessegueiro.
— Gandhi.

Os maldizentes, como os mentirosos, acabam por não merecerem crédito ainda mesmo dizendo verdades.
— Marquês de Maricá.

A verdade de nada tem vergonha, a não ser de estar escondida.
— Lope de Vega.

Todas as minhas experiências me provaram que não existe outro deus a não ser a verdade.
— Gandhi.

A verdade nunca é injusta; pode magoar, mas não deixa ferida.
— Eduardo Girão.

Gente muito confiável fala, com sinceridade, sobre a sutil diferença entre verdades e mentiras. Pode acreditar, pois é tudo verdade. Ou será mentira?.
— A verdade nem sempre é bonita, mas a fome da verdade sim.
— Nadine Gordimer.

Quando alguém teme a verdade passa a controlar e a reprimir.
— Leonardo Boff.

A verdade é uma coisa tão rara que há deleite em dizê-la.
— Emily Dickinson.

O problema de mentir é que isso vai depender de o mentiroso ter uma clara noção da verdade a ser escondida. Nesse sentido, a verdade, mesmo aquela que não aparece em público, tem uma primazia sobre toda falsidade.
— Hannah Arendt.

A verdade alivia mais do que machuca. E estará sempre acima de qualquer falsidade como o óleo sobre a água.
— Miguel de Cervantes.

Dizer a verdade é tão difícil quanto ocultá-la.
— Baltasar Gracián.

A função mais comum que tem a boca é esconder a verdade.
— A mentira é uma verdade que esqueceu de acontecer.
— Mario Quintana.

A verdade é encontrada quando os homens são livres para procurá-la.
— Roosevelt.

Dizer a verdade é como escrever bem – aprende-se à custa de exercício.
— John Ruskin.

É um paradoxo a Terra se mover ao redor do Sol e a água ser constituída por dois gases altamente inflamáveis. A verdade científica é sempre um paradoxo, se julgada pela experiência cotidiana que se agarra à aparência efêmera das coisas.
— Karl Marx.

Não acredite em ninguém que sempre diz a verdade.
— Elias Canetti.

A ciência não pode ter a pretensão de alcançar a verdade. Nem mesmo um substituto para ela, a probabilidade.
— Karl Popper.

As categorias fundamentais do pensamento e conseqüentemente da ciência têm sua origem na religião.
— Émile Durkheim.

As soluções, eu já as possuo há muito tempo. Mas ainda não sei como cheguei a elas.
— Carl Friedrich Gauss.

Não será verdade que cada ciência, no final das contas, se reduz a um certo tipo de mitologia?
Sigmund Freud.

O conhecimento está a serviço da necessidade de viver. E essa necessidade criou no homem os órgãos do conhecimento.
— Miguel de Unamuno.

A ciência nada mais é do que o senso comum disciplinado.
— Gunnar Myrdal.

Os provérbios são sempre chavões até você experimentar a verdade contida neles.
— Aldous Huxley.

Destino é uma desculpa tola para o fracasso.

FAÇA SEUS COMENTÁRIOS DEIXANDO OS SEUS PENSAMENTOS E PROVÉRBIOS…vamos aumentar essa lista. Todo comentário será publicado.

Fabiano Botero

 

ESCOLHA CERTA


Se você conhecesse uma mulher que está grávida e já tem 8 filhos, dos quais 3 são surdos, 2 são cegos, um é retardado mental, e ela tem sífilis… Recomendaria que ela fizesse um aborto? Leia a próxima pergunta antes de responder a essa.

É tempo de escolher um presidente e o seu voto é importante. O comportamento dos candidatos é o seguinte:

– Candidato A: é associado a políticos corruptos e costuma consultar astrólogos. Teve duas amantes, fuma um cigarro atrás de outro e bebe de 8 a 10 Martinis por dia.

– Candidato B: foi despedido do trabalho duas vezes, dorme até meio-dia, usava drogas na Universidade e bebia meia garrafa de Whisky toda noite.

– Candidato C: é um herói condecorado de guerra, é vegetariano, não fuma, bebe às vezes um pouco de cerveja e nunca teve relações extra-conjugais.

Qual desses candidatos você escolheria?

Decida antes de procurar a resposta…

Candidato A: é Franklin Roosevelt

Candidato B: é Winston Churchill

Candidato C: é Adolph Hitler

E sem esquecer a primeira pergunta: A resposta da questão do aborto…

Se respondeu que sim, você acaba de matar: BEETHOVEN.

Nem tudo o que brilha é ouro, e nem tudo o que é ouro deve brilhar. O importante são as decisões que você toma no caminho, e como elas te ajudam a chegar ao final. Por isso é que não devemos pré-julgar ninguém. Principalmente com a descrição de duas ou três linhas.

Pense nisso…

INVEJA


Perto de Tóquio, vivia um grande samurai, já idoso, que agora dedicava-se a ensinar sua filosofia para os jovens. Apesar de sua idade, corria a lenda de que ele ainda era capaz de derrotar qualquer adversário.

Certa tarde, um guerreiro conhecido por sua falta de escrúpulos apareceu por ali. Era famoso por utilizar a técnica da provocação: esperava que seu adversário fizesse o primeiro movimento e dotado de uma inteligência privilegiada para reparar os erros cometidos, contra-ataca com velocidade fulminante.

O jovem e impaciente guerreiro jamais havia perdido uma luta. E, conhecendo a reputação do velho samurai, estava ali para derrotá-lo, aumentando sua fama de vencedor.

Todos os estudantes manifestaram-se contra a idéia, mas o velho aceitou o desafio. Foram todos para a praça da cidade, e o jovem começou a insultar o velho mestre. Chutou algumas pedras em sua direção, cuspiu em seu rosto, gritou todos os insultos conhecidos, ofendeu inclusive seus ancestrais.

Durante horas, fez tudo para provocá-lo, mas o velho mestre permaneceu impassível. No final da tarde, sentindo-se já exausto e humilhado, o impetuoso guerreiro retirou-se.

Desapontados pelo fato do mestre ter aceito tantos insultos e provocações, os alunos perguntaram: “Como o senhor pôde suportar tanta indignidade? Por que não usou sua espada, mesmo sabendo que podia perder a luta, ao invés de mostrar-se covarde diante de todos nós?”

“Se alguém chega até você com um presente, e você não o aceita, a quem pertence o presente?” – perguntou o velho mestre.

“O mesmo vale para a inveja, a raiva, e os insultos” – disse o mestre – “Quando não são aceitos, continuam pertencendo a quem os carrega consigo”.

AMIGO


Num pelotão, um jovem soldado sentiu a falta de seu grande amigo e companheiro e correu em direção ao seu capitão, dizendo:

– Senhor, por um acaso sabe onde está meu amigo?
– Está perdido em território inimigo.
– Peço autorização para procurá-lo.
– Autorização negada, não posso ficar sem dois soldados.

Muito triste, o soldado aguardou um descuido de seu capitão e correu em busca de seu amigo. Dois dias depois, aparece de volta ao acampamento gravemente ferido e com seu amigo morto nos braços. O capitão, ao avistá-lo, correu em sua direção e disse:

– Não te disse para não sair do acampamento? Agora tenho dois soldados feridos.
– Me perdoe Senhor, mas precisava encontrá-lo.
– Do que vale a pena encontrar um morto?.
– Quando eu o encontrei ele ainda não estava morto. E, agonizando, quando me viu se aproximando bradou dizendo: “Tinha certeza que você viria”…

Amigo é aquele que aparece quando tudo parece estar perdido.

Amigos não são opcionais, são necessários!

Pros meus amigos…

CONCERTO


Desejando encorajar o progresso de seu jovem filho ao piano, uma mãe levou seu pequeno filho a um concerto de Paderewski. Depois de sentarem, a mãe viu uma amiga na platéia e foi até ela para saudá- la tomando a oportunidade para explorar as maravilhas do teatro, o pequeno menino se levantou e eventualmente suas explorações o levaram a uma porta onde estava escrito ” PROÍBIDA A ENTRADA “.
Quando as luzes abaixaram e o concerto estava prestes a começar, a mãe retornou ao seu lugar e descobriu que seu filho não estava lá. De repente, as cortinas se abriram e as luzes caíram sobre um impressionante piano Steinway no centro do palco. Horrorizada, a mãe viu seu filho sentado ao teclado, inocentemente catando as notas de ” Cai, cai, balão “. Aquele momento, o grande mestre
de piano fez sua entrada, rapidamente foi ao piano, e sussurrou no ouvido do menino:
– ” Não pare, continue tocando “.
Então, debruçando, Paderewski estendeu sua mão esquerda e começou a preencher a parte do baixo. Logo, colocou sua mão direita ao redor do menino e acrescentou um belo acompanhamento de melodia. Juntos, o velho mestre e o jovem noviço transformaram uma situação embaraçosa em uma experiência maravilhosamente criativa. O público ficou perplexo . . .

É assim que as coisas são com Deus. O que podemos conseguir por conta própria mal vale mencionar. Fazemos o melhor possível, mas os resultados não são exatamente como uma música graciosamente fluida. Mas, com as mãos do Mestre, as obras de nossas vidas verdadeiramente podem ser lindas.
Na próxima vez que você se determinar a realizar grandes feitos, ouça atentamente.
Você pode ouvir a voz do Mestre, sussurrando em seu ouvido :
– ” Não pare, continue tocando “. Sinta seus braços amorosos ao seu redor. Saiba que suas fortes mãos estão tocando o concerto de sua vida.

BARBEIROS NÃO EXISTEM!


Um homem foi ao barbeiro. E enquanto tinha seus cabelos cortados, conversava com ele. Falava da vida e de Deus. Dai a pouco, o barbeiro incrédulo não agüentou e falou:

– Deixa disso, meu caro, Deus não existe!

– Por quê?

– Ora, se Deus existisse não haveria tantos miseráveis, passando fome! Olhe em volta e veja quanta tristeza. É só andar pelas ruas e enxergar!

– Bem, esta é a sua maneira de pensar, não é ? – Sim, claro!

O freguês pagou o corte e foi saindo, quando avistou um maltrapilho imundo, com longos e feios cabelos, barba desgrenhada, suja, abaixo do pescoço. Não agüentou, deu meia volta e interpelou o barbeiro:

– Sabe de uma coisa? Não acredito em barbeiros!

– Como?

– Sim, se existissem barbeiros, não haveria pessoas de cabelos e barbas compridas!

– Ora, eles estão assim porque querem. Se desejassem mudar, viriam até mim!

– Agora, você entendeu.

PENEIRAS


Um homem aproxima-se de seu Mestre e lhe diz:

– Mestre, vou lhe contar o que disseram do João…

O Mestre, com sua infinita sabedoria, responde:

– Calma. Antes de me contares algo que possa ter relevância, te pergunto: Já fizeste passar a informação pelas Três Peneiras da Sabedoria?

– Peneiras da Sabedoria? Não. Elas não me foram mostradas – argumentou.

– Sim. Só não te ensinei porque não era chegado o momento. Porém, escuta-me com atenção: Tudo que te disserem de outrem, deve passar antes pelas Peneiras da Sabedoria. A primeira é a da Verdade. Eu te pergunto:

– Tens certeza de que o que te contaram é realmente verdadeiro?

Meio sem jeito, ele replicou:

– Bem. Realmente não tenho certeza. Sei apenas o que me contaram…

O Mestre continuou:

– Então, se não tens certeza, a informação vazou pelos furos da primeira peneira e repousa na segunda, que é a Peneira da Bondade. Pergunto:

– Trata-se de algo que gostarias que falassem de ti?

– De maneira alguma, Mestre. Evidente que não!

– Então, se trata de algo que passou pelos furos da segunda peneira, jaz nas cruzetas da terceira e última peneira. Realizo, portanto, a derradeira pergunta:

– Achas mesmo necessário passar adiante essa história sobre teu irmão e companheiro?

– Não, Mestre. Absolutamente! – respondeu.

– Então, disse o sábio, ela acaba de vazar os furos da Peneira da Necessidade, perdendo-se na imensidão da Terra. Não sobrou nada para contar.

– Entendi, querido Mestre. Doravante somente as boas palavras terão caminho em minha boca. Finalizou o sábio:

– És agora um mestre completo. Volta ao teu povo. Afinal, terminaste o aprendizado.

Lembra-te sempre, todavia: As abelhas, construtoras do Criador, nas imundícies dos charcos, buscam apenas as flores para sua laboriosa atividade, enquanto as nojentas moscas buscam, em corpos sadios, as chagas e feridas que as mantém vivas.

AUTORIZADO


Temos que arrancar o prego do diabo!

Você conhece a história do prego do diabo?

A história conta que um homem estava disposto a fazer qualquer coisa a fim de ser milionário; então o diabo mostrou-lhe uma mansão maravilhosa e disse que a daria, com uma condição: “Está vendo aquele prego na parede? É meu, sempre será meu, você aceita?” E o homem aceitou.

Anos depois, o homem ofereceu um banquete em sua mansão. Foram convidados os homens mais importantes da cidade. A festa era um luxo e tudo estava superando as expectativas, quando alguém entrou e colocou um pedaço de carniça fedorenta no prego da parede.

O dono da mansão mandou chamar os segurança e expulsou aquele intruso, mas então o diabo apareceu e disse: “Um momento, o prego é meu e eu tenho direito de usá-lo como eu quiser.”

Se deixarmos Satanás dominar um pequeno cantinho do nosso coração isto é o suficiente para que ele transtorne toda a nossa vida.

%d blogueiros gostam disto: