Arquivo da categoria: Próprios

EXEMPLO DE PAI


Quando Abraham Lincoln foi eleito presidente dos Estados Unidos, houve um forte constrangimento entre as classes dominantes. Afinal, ele era  filho de sapateiro e iria dirigir pessoas de famílias tradicionais.

Ao fazer seu primeiro discurso no senado, um político muito arrogante aproximou-se e disse: “Antes do Senhor começar, eu gostaria de lembrá-lo que o Senhor é filho de sapateiro”. E todos riram imediatamente. No fundo, todos queriam humilhá-lo, já que derrotá-lo não havia sido possível. Mas um homem como Lincoln é difícil de ser derrubado.

Ele, então, respondeu: “Obrigado por lembrar-me do meu pai neste momento. Eu procurarei ser um bom presidente tão bom quanto o
sapateiro que ele foi. Eu me lembro que meu pai sempre fez os sapatos de sua família, se os seus sapatos apresentarem algum problema, você pode trazê-los e eu os consertarei. Desde cedo aprendi a consertar sapatos e agora que meu pai é morto posso cuidar dos seus. Aliás, se algum de vocês, tiver um sapato feito pelo meu pai que esteja precisando de conserto pode trazer para mim. Mas de uma coisa estejam certos: eu não sou tão bom quanto ele”, e seus olhos se encheram de lágrimas ao
lembrar-se do pai.

Seja qual for a circunstância, o campeão sempre mantém o orgulho de si mesmo, de sua família e de seu trabalho.

Alguns homens acham que o sucesso deve ser medido pelo que temos e de onde viemos. Conheci meu pai apenas até os 12 anos quando faleceu e daí em diante fui ao encontro do meu verdadeiro PAI, DEUS…o PAI NOSSO…e descobri que enquanto muitos desonram seus pais achando que a forma de honrá-los é tendo algo para mostrar e deixar como herança física para os seus filhos, negligenciam o ensino mais importante…ser filho de Deus e ter orgulho disso mesmo quando as coisas não vão bem. Orgulhando-se das dificuldades que nos moldam que produzem caráter semelhante ao PAI. ME ORGULHO DA REVELAÇÃO DE SUA ESSÊNCIA MOLDANDO MEU CARÁTER COMO VERDADEIRO FILHO…ISSO PARA MIM É O SUFICIENTE SENHOR…obrigado Pai…

Alguns consideram que alguns pais, são bons homens para fazerem filhos, pois acreditam que o sofrimento e falta de algo são sinais de que este pai é apenas um bom reprodutor. Porém, muitos desses homens que dizem ter uma vida equilibrada e segura pelos bens que possui, mal conseguem manter seu próprio casamento, nem dar uma educação digna para seus filhos mesmo colocando na melhor escola. Nem mesmo levando todos os domingos para igreja conseguem evitar que seus filhos sejam pródigos dentro de suas casa e igreja. Homens mentirosos, mas não querem que seus filhos mintam… homens que não querem seus filhos no mau caminho, mas andam todos os dias no mau caminho. Homens que julgam outros pais por serem relapsos, mas não olham para dentro de sua casa para perceber sua negligência. Tem tudo e não tem nada para oferecer á suas famílias, pois são hipócritas…é claro que nem todos são assim, muitos têm tudo, mas não se baseiam no que tem para serem bons pais… pois suas vidas não estão pautadas no dinheiro, mas na integridade em ser como o PAI que revela seu traço mais forte… exemplo de vida e caráter.

Um dia ouvi algo muito interessante:

Deus seria um PAI péssimo se desse tudo que pedíssemos.

Assim, entendo que nem sempre ter é suficiente…o fundamental é ser. Quero ser um bom pai, como o SENHOR é para mim!

REFLEXÃO!

Será inútil dizer – “Pai Nosso” se em minha vida não tomo atitudes como filho de Deus.

Será inútil dizer  – “que estais nos céus” se os meus valores são representados pelos bens da terra.

Será inútil dizer – “santificado seja o vosso nome” se penso apenas em ser cristão por medo, superstição e comodismo.

Será inútil dizer – “venha a nós o vosso reino” se acho tão sedutora a vida aqui, cheia de supérfluos e futilidades.

Será inútil dizer – “seja feita a vossa vontade aqui na terra como no céu” se no fundo desejo mesmo é que todos os meus desejos se realizem.

Será inútil dizer – “o pão nosso de cada dia nos daí hoje” se prefiro acumular riquezas, desprezando meus irmãos que passam fome.

Será inútil dizer – “perdoai as nossas ofensas” “assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido” se não me importo em ferir, injustiçar, oprimir e magoar aos que atravessam o meu caminho.

Será inútil dizer – “e não nos deixais cair em tentação” se escolho sempre o caminho mais fácil, que nem sempre é o caminho de Deus.

Será inútil dizer – “livrai-nos do mal” se por minha própria vontade procuro os prazeres materiais, e se tudo o que é proibido me seduz.

Será inútil dizer  – “Amém” porque sabendo que sou assim, continuo me omitindo e nada faço para me modificar.

Anúncios

IMITAÇÃO BARATA!


Tem pastores que pedem para serem imitadores deles, mas não se dão o respeito! É claro que a palavra diz em Hb 13.7: “Lembrai-vos dos vossos pastores, que vos falaram a palavra de Deus, a fé dos quais imitai, ATENTANDO PARA A SUA MANEIRA DE VIVER.”…quando são exemplos de Cristo na Terra, mas quando são egoístas, maldizentes, interesseiros, covardes, inescrupulosos, corruptos, mentirosos, manipuladores, fingidos, mornos, pastores de si mesmos, sem relacionamento, sem vida, só estratégia. Imitá-los??? Jamais!!!

Acredito que na verdade esses que pedem para serem imitados, são imitações baratas de um verdadeiro cristão! Fariseus hipocritas legítimos, mas imitações baratas…pelo fruto se conhece a árvore, e quem disse que ganhar almas é fruto? Fruto do Espírito!!!!! Amor, gozo, paz, blá blá blá…que todos sabem, mas insistem em colocar todos para fazer, e vivem a custa do que os outros fazem. Sanguessugas! Faça-me o favor, vocês que querem ser imitados…contem outra!

Mateus 23:1-39

Então falou Jesus à multidão, e aos seus discípulos,

Dizendo: Na cadeira de Moisés estão assentados os escribas e fariseus.

Todas as coisas, pois, que vos disserem que observeis, observai-as e fazei-as; mas não procedais em conformidade com as suas obras, porque dizem e não fazem;

Pois atam fardos pesados e difíceis de suportar, e os põem aos ombros dos homens; eles, porém, nem com o dedo querem movê-los;

E fazem todas as obras a fim de serem vistos pelos homens; pois trazem largos filactérios, e alargam as franjas das suas vestes,

E amam os primeiros lugares nas ceias e as primeiras cadeiras nas sinagogas,

E as saudações nas praças, e o serem chamados pelos homens; Rabi, Rabi.

Vós, porém, não queirais ser chamados Rabi, porque um só é o vosso Mestre, a saber, o Cristo, e todos vós sois irmãos.

E a ninguém na terra chameis vosso pai, porque um só é o vosso Pai, o qual está nos céus.

Nem vos chameis mestres, porque um só é o vosso Mestre, que é o Cristo.

O maior dentre vós será vosso servo.

E o que a si mesmo se exaltar será humilhado; e o que a si mesmo se humilhar será exaltado.

Mas ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que fechais aos homens o reino dos céus; e nem vós entrais nem deixais entrar aos que estão entrando.

Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que devorais as casas das viúvas, sob pretexto de prolongadas orações; por isso sofrereis mais rigoroso juízo.

Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que percorreis o mar e a terra para fazer um prosélito; e, depois de o terdes feito, o fazeis filho do inferno duas vezes mais do que vós.

Ai de vós, condutores cegos! pois que dizeis: Qualquer que jurar pelo templo, isso nada é; mas o que jurar pelo ouro do templo, esse é devedor.

Insensatos e cegos! Pois qual é maior: o ouro, ou o templo, que santifica o ouro?

E aquele que jurar pelo altar isso nada é; mas aquele que jurar pela oferta que está sobre o altar, esse é devedor.

Insensatos e cegos! Pois qual é maior: a oferta, ou o altar, que santifica a oferta?

Portanto, o que jurar pelo altar, jura por ele e por tudo o que sobre ele está;

E, o que jurar pelo templo, jura por ele e por aquele que nele habita;

E, o que jurar pelo céu, jura pelo trono de Deus e por aquele que está assentado nele.

Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que dizimais a hortelã, o endro e o cominho, e desprezais o mais importante da lei, o juízo, a misericórdia e a fé; deveis, porém, fazer estas coisas, e não omitir aquelas.

Condutores cegos! que coais um mosquito e engolis um camelo.

Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que limpais o exterior do copo e do prato, mas o interior está cheio de rapina e de iniqüidade.

Fariseu cego! limpa primeiro o interior do copo e do prato, para que também o exterior fique limpo.

Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que sois semelhantes aos sepulcros caiados, que por fora realmente parecem formosos, mas interiormente estão cheios de ossos de mortos e de toda a imundícia.

Assim também vós exteriormente pareceis justos aos homens, mas interiormente estais cheios de hipocrisia e de iniqüidade.

Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que edificais os sepulcros dos profetas e adornais os monumentos dos justos,

E dizeis: Se existíssemos no tempo de nossos pais, nunca nos associaríamos com eles para derramar o sangue dos profetas.

Assim, vós mesmos testificais que sois filhos dos que mataram os profetas.

Enchei vós, pois, a medida de vossos pais.

Serpentes, raça de víboras! como escapareis da condenação do inferno?

Portanto, eis que eu vos envio profetas, sábios e escribas; a uns deles matareis e crucificareis; e a outros deles açoitareis nas vossas sinagogas e os perseguireis de cidade em cidade;

Para que sobre vós caia todo o sangue justo, que foi derramado sobre a terra, desde o sangue de Abel, o justo, até ao sangue de Zacarias, filho de Baraquias, que matastes entre o santuário e o altar.

Em verdade vos digo que todas estas coisas hão de vir sobre esta geração.

Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas, e apedrejas os que te são enviados! quantas vezes quis eu ajuntar os teus filhos, como a galinha ajunta os seus pintos debaixo das asas, e tu não quiseste!

Eis que a vossa casa vai ficar-vos deserta;

Porque eu vos digo que desde agora me não vereis mais, até que digais: Bendito o que vem em nome do Senhor.

ERA UMA VEZ…


“Quatro  pessoas: Todo mundo, Alguém, Qualquer um e Ninguém onde havia um grande trabalho a ser feito e Todo Mundo tinha certeza de que Alguém o faria.

Qualquer Um poderia tê-lo feito, mas Ninguém o fez.

Alguém se zangou porque era um trabalho de Todo Mundo.

Todo Mundo pensou que Qualquer Um poderia fazê-lo, mas Ninguém imaginou que Todo Mundo deixasse de fazê-lo.

Ao final, Todo Mundo culpou Alguém quando Ninguém fez o que Qualquer Um poderia ter feito…”

Geralmente é assim mesmo…

Por exemplo…evangelizar…TODO MUNDO sabe o que precisa ser feito…mas NINGUÉM faz. ALGUÉM pensa que QUALQUER UM fará…e na verdade NINGUÉM faz.

Na verdade NINGUÉM está mais preocupado, pois TODO MUNDO já cansou de tentar convencer ALGUÉM a fazer, sendo que na verdade, o mais importante é que TODO MUNDO seja mais comprometido.

E por aí vai…

Você não é como TODO MUNDO?

Nem um QUALQUER UM…

ALGUÉM sempre diz…

NINGUÉM É COMO VOCÊ!!!

Fabiano Botero

TIRANIA…Quem tem ouvidos, ouça!!!


Após comentários recentes externarei o que penso. Continue lendo se quiser, caso contrário pare de ler exercendo sua liberdade, assim como exerço a minha de dizer o que penso…

Então, a título de introdução peço licença para expor algumas considerações, como tentativa de possibilitar alguma reflexão e entendimento para melhor relacionamento entre igrejas e irmãos.

Quando se reúne em torno de desejos e idéias, ali institui-se um grupo, o quel se configura como um “encontro”. Todo encontro pressupõe uma ética, ou seja, um reconhecer e dar dignidade ao “outro” que se configura – no meu modo de ver – de três formas: interesse, escuta e cuidado.

Toda ética exige para sua fundamentação, uma compreensão prévia para que se possa instituir uma ação voltada para a “inclusão” não como dádiva, esmola, doação ou caridade, mas como abertura de possibilidades – na diversidade de dons que nos constitui espiritualmente – a chance de ajuda mútua tanto coletiva e alheia.

Os que se agrupam num projeto tendo a palavra “inclusão” como base e meta, não podem deixar de exercê-la entre eles, pois assim estariam fomentando o disparate e a hipocrisia, pois propõe algo somente como idéia flutuante e conveniente.

É claro que não se trata aqui de propagar uma visão orgulhosa, não reconhecendo como legítima a possibilidade de mudança e de “vir-a-ser” de cada um. Uma escolha nunca pode ser dada como definitiva assim como um homem nunca pode ser tido como acabado. Mas quando se assume algo e se instituí esse algo num conjunto de conceitos e práticas, será de bom e razoável grado que se tenha responsabilidade sobre esse fato, sob pena das relações tornarem-se vazias e os envolvidos distinguidos entre manipuladores e manipulados.

A relação de poder é inerente a todo agrupamento humano. As tensões, conflitos, diferenças e contradições são elementos que sempre acompanham esse fenômeno. O problema reside na sua hipertrofia.

Já temos como domínio público “que a hipertrofia de um lado, atrofia o todo”. A responsabilidade de quem tem o poder é maior e mais exigente, pois ele carrega a força do mando que pode esmagar os outros e a si próprio. Quem assume e detém o poder tem como condição e obrigação, ouvir o que podemos designar de “voz de comando” ou Espírito Santo, que seria uma instância de inteligibilidade que suplanta a cegueira individualista e indica as condições de convivência e sobrevivência de um grupo. É essa instância que permite o revigoramento, o fluxo contínuo da dinâmica e que levou a união de pessoas em torno de algo em comum.

Sem escutar “a voz de comando”, temos o tirano, o absoluto, o orgulhoso. Este vê o mundo sempre de cima para baixo. Somente o que se apresenta “de baixo para cima“ é reconhecido como legítimo. Quando alguém se atreve a se colocar rigorosamente em desacordo com ele, acontece os seguintes resultados: a) ele não perceberá a pessoa; b) ele não perceberá a atitude e, finalmente, c) ele não compreenderá o que está acontecendo.

O espaço de percepção do orgulhoso tem o seguinte esquema: “parte de cima”, “parte de baixo” e, no meio, NADA. Na sua cegueira relacional, o orgulhoso não exercita o destaque do seu horizonte de compreensão e não percebe o mal que está fazendo. Temos então uma situação de que “querer o bem com demasiada força e de certo jeito, pode se transformar num mal”.

Sei que toda e qualquer opinião equilibra-se entre polaridades, e o fiel da balança é a palavra divina. Para tanto, cito uma parte das escrituras, não com a pretensão de acusar ou violentar alguém, mas demonstrar que minhas opiniões se baseiam em uma verdade que nas entrelinhas define que nem Deus aprova a tirania. Fico com vergonha de alguns líderes tiranos, pois recorrem no erro de esmurrar o próprio corpo; e pior, envergonham o cabeça que é Cristo.

Por isso não DEIXEMOS de zelar pela escuta, pelo interesse altruísta e pelo cuidado mútuo que permeou os ensinos de Jesus, nosso Senhor.

Isaías 29

Ai de Ariel, Ariel, a cidade onde Davi acampou! Acrescentai ano a ano, e sucedam-se as festas.

Contudo porei a Ariel em aperto, e haverá pranto e tristeza; e ela será para mim como Ariel.

Porque te cercarei com o meu arraial, e te sitiarei com baluartes, e levantarei trincheiras contra ti.

Então serás abatida, falarás de debaixo da terra, e a tua fala desde o pó sairá fraca, e será a tua voz debaixo da terra, como a de um que tem espírito familiar, e a tua fala assobiará desde o pó.

E a multidão dos teus inimigos será como o pó miúdo, e a multidão dos tiranos como a pragana que passa, e num momento repentino isso acontecerá.

Do SENHOR dos Exércitos serás visitada com trovões, e com terremotos, e grande ruído com tufão de vento, e tempestade, e labareda de fogo consumidor.

E como o sonho e uma visão de noite será a multidão de todas as nações que hão de pelejar contra Ariel, como também todos os que pelejarem contra ela e contra a sua fortaleza, e a puserem em aperto.

Será também como o faminto que sonha, que está a comer, porém, acordando, sente-se vazio; ou como o sedento que sonha que está a beber, porém, acordando, eis que ainda desfalecido se acha, e a sua alma com sede; assim será toda a multidão das nações, que pelejarem contra o monte Sião.

Tardai, e maravilhai-vos, folgai, e clamai; bêbados estão, mas não de vinho, andam titubeando, mas não de bebida forte.

Porque o SENHOR derramou sobre vós um espírito de profundo sono, e fechou os vossos olhos, vendou os profetas, e os vossos principais videntes.

Por isso toda a visão vos é como as palavras de um livro selado que se dá ao que sabe ler, dizendo: Lê isto, peço-te; e ele dirá: Não posso, porque está selado.

Ou dá-se o livro ao que não sabe ler, dizendo: Lê isto, peço-te; e ele dirá: Não sei ler.

Porque o Senhor disse: Pois que este povo se aproxima de mim, e com a sua boca, e com os seus lábios me honra, mas o seu coração se afasta para longe de mim e o seu temor para comigo consiste só em mandamentos de homens, em que foi instruído;

Portanto eis que continuarei a fazer uma obra maravilhosa no meio deste povo, uma obra maravilhosa e um assombro; porque a sabedoria dos seus sábios perecerá, e o entendimento dos seus prudentes se esconderá.

Ai dos que querem esconder profundamente o seu propósito do SENHOR, e fazem as suas obras às escuras, e dizem: Quem nos vê? E quem nos conhece?

Vós tudo perverteis, como se o oleiro fosse igual ao barro, e a obra dissesse do seu artífice: Não me fez; e o vaso formado dissesse do seu oleiro: Nada sabe.

Porventura não se converterá o Líbano, num breve momento, em campo fértil? E o campo fértil não se reputará por um bosque?

E naquele dia os surdos ouvirão as palavras do livro, e dentre a escuridão e dentre as trevas os olhos dos cegos as verão.

E os mansos terão gozo sobre gozo no SENHOR; e os necessitados entre os homens se alegrarão no Santo de Israel.

Porque o tirano é reduzido a nada, e se consome o escarnecedor, e todos os que se dão à iniqüidade são desarraigados;

Os que fazem culpado ao homem por uma palavra, e armam laços ao que repreende na porta, e os que sem motivo põem de parte o justo.

Portanto assim diz o SENHOR, que remiu a Abraão, acerca da casa de Jacó: Jacó não será agora envergonhado, nem agora se descorará a sua face.

Mas quando ele vir seus filhos, obra das minhas mãos no meio dele, santificarão o meu nome; sim, santificarão ao Santo de Jacó, e temerão ao Deus de Israel.

E os errados de espírito virão a ter entendimento, e os murmuradores aprenderão doutrina.

Convite Real 29/04/2011


Alguém percebeu as “coincidências”?

Casamento no dia 29 (2+9=11)

Horário do casamento 11:oo a.m

Número de convidados após a cerimônia…650(6+5+0=11)

Jantar restrito para 300 convidados…se você leu o post “Casamento Real…Nova Ordem Mundial”, saberá porque esse “300” é tão relevante…

E para aqueles que acham bobeira essas “coincidências”, não esqueçam que Jesus disse em Apocalipse 13:18

Aqui há sabedoria. Aquele que tem entendimento, calcule o número da besta; porque é o número de um homem, e o seu número é seiscentos e sessenta e seis.

Quem são os fariseus de hoje?


“São os que comentam do estilo de vida de outrem, porém seu estilo de vida é reprovável. São os que “prosperam” e se acham no direito de julgar qualquer um. São os que casam e separam por motivos mesquinhos e ainda querem dar aula de casamento. São os que falam do tratamento aos filhos de outrem, porém esses pais fariseus são os piores exemplos. São os que chamam sua vida de exemplo e se vingam na primeira oportunidade, são os que jogam suas obras na cara de quem diziam ajudar com tanto desprendimento. São os santos, porém recitam palavrões. São fariseus…fariseus que dizem mentiras descaradas e querem dar aula de vida honesta e próspera. São os que colam nas provas de faculdade e enchem o peito para cobrar adolescentes a não fazerem o mesmo. São os que dizem que não se vendem por nada, porém não abrem mão do emprego de corrupção e pecado desmedido.”

São os exterminadores da liberdade alheia, que excluem sumariamente as pessoas e se afastam delas, achando que são muito melhores do que elas.
São os que usam luvas de assepsia e jogam no lixo os diferentes, os quais diferem deles quanto ao estilo, conceitos, doutrina, postura moral, ética e religiosa.

São os que têm “complexo de São Pedro” por se julgarem acima da lei, se achando no direito de abrir ou fechar as portas do céu de acordo com seu julgamento distorcido, separando antes do tempo determinado o joio do trigo, quem é salvo ou não, quando Jesus proíbe veementemente tal atitude.

São os que pensam que estão sozinhos no mundo, e acham que eles e sua igreja, serão os únicos que vão ser salvos, e sua doutrina, teologia, liturgia e preceitos morais são os únicos certos e todos ao redor estão errados.

São os que se prendem a teias de legalismos tentando comprar a graça de Deus com obras humanas e ofertas de desempenho pessoal. Estes, na prática, esperam ainda obter o favor de Deus, com boa moralidade e bom comportamento, anulando assim, completamente o sacrifício de Cristo na cruz.

São os que colam máscaras de religiosidade na cara para impressionar o mundo, assumindo ridículas atitudes de bajulação e arrotando vantagens, tecem grandes relatos de proezas espirituais exacerbadas.

São os que ficam à espreita da liberdade dos outros, criticando e disseminado suspeitas de todo tipo, visando salvar sua própria reputação e descobrir e expor à vergonha a reputação de quem não concorda com sua maneira hipócrita de ser.

Se nos tempos de Cristo os fariseus eram os líderes religiosos de sua época,os anciãos do povo, os que cpmpunham o Sinédrio, os líderes que detinham o poder religioso e mantinham o status quo econômico da nação, os fariseus de hoje também compõem grande parte da liderança das igrejas de hoje. Eles são os que se assentam nos concílios, nas juntas administrativas, nas comissões gestoras das organizações eclesiásticas, e se reúnem como donos e os chefes das grandes corporações da fé.

São, no entanto, aos olhos infalíveis de Jesus, hipócritas (atores que atuam com máscaras) que disseminaram ervas danosas no meio do trigo da igreja.
Sua atitude, apesar do alto teor moral, é tida diante de Deus, como palha que queima e que, ao passar pelo crivo do fogo purificador dos olhos do Rei, só sobrará cinza e poeira.

São os que ainda hoje Jesus chama de cobras venenosas, sepulcros caiados, bonitos por fora, mas por dentro estão cheios de ossos e todo tipo de imundície, os que coem um mosquito e engolem um camelo, guia de cegos, e dignos do inferno.

São esses aos quais Jesus disse que o honram com os lábios mais seu coração está longe Dele, e que adoram a Deus em vão, e cujos ensinos não passam de regras ensinados por homens.

Fico pensando em quão inconsistente é, para Jesus, tanta pompa, tantas construções, tantos cursos infindáveis de educação religiosa, tantas regras proibitivas, tantos sistemas complexos, tantos preceitos inócuos, e que no final pouca coisa sobrará de útil para o Reino, e quase nada que perdurará para vida eterna.
Não seja nem consinta ser um fariseu de hoje. Sai das fileiras da hipocrisia, e venha se alistar no exército dos filhos da luz, que andam na verdade, na simplicidade do Reino e que não tem outra motivação que não seja agradar ao Rei oferecendo um coração sincero e transparente, e motivações que advém do coração, por saber que Ele se compraz (se alegra sobremaneira) da verdade no íntimo.

Fonte: Desconhecida

Os 2 caminhos


Essa imagem é marcante. Em minha infância e juventude essa representação do caminho largo e do caminho estreito marcou minha vida. É uma grande verdade! Copie e use onde quiser. Abraços

Fabiano Botero

Caminhos Diferentes

Obrigado a todos!!!


Sempre tive um desejo de escrever um livro, mas no dia que ia começar o Senhor me disse: publique no BLOG!!! E hoje, depois de quase 2 meses, vejo a receptividade.

Agora com novo visual e links para me add no ORKUT, TWITTER, MSN e SKYPE, espero que tudo coopere para maior interatividade. Estou postando uma enquete onde pergunto o que gostaria de ver no blog e espero que vc possa contribuir, não para o crescimento do blog, mas para o crescimento do conhecimento que liberta. Continuarei com assuntos em andamento sobre: Illuminatis, Apocalipse, Nova Ordem Mundial, entre outros; mas, gostaria de sua opinião. Vote, comente, critique, ajude, divulgue e evangelize comigo!

Um dia destes ouvi algo interessante:

Você sabia que tem muitos seguidores no seu blog?

Naquele instante senti que estava fazendo algo realmente útil, pois, se posso ajudar, ajudarei. Se esta é uma das formas que o Senhor me proporciona para que muitos saibam do amor de Deus e do seu iminente retorno, sim…continuarei fazendo seguidores, afinal, seguidor é um discípulo e este é o interesse do Senhor Jesus: 

Mateus 28:

19   Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; 20   ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século.

Por isso, obrigado a todos e vamos continuar essa missão virtual e real!

Fabiano Botero

…ano aceitável “E” dia da vingança do nosso Deus…


Não é a toa que é chamado de ocultismo; porque oculta a realidade, a seriedade, a verdade. Como tornar algo sério em assunto ultrapassado, sem sentido e sem credibilidade? Simples, fale do assunto com desprezo e leve-o ao conhecimento de todos como exagero.  Filmes, desenhos, novelas…se for algo tratado como normal, será aceito! Cuidado, muito cuidado, busque a verdade na palavra de Deus. Antes, se ouvissemos que houve um terremoto em algum lugar do mundo, logo arregalaríamos os olhos, mas, nos dias de hoje nos acostumamos com o assunto…pois virou assunto corriqueiro. Se não houver uma chacina com mais de 500 mortos como na Nigéria, não será uma grande novidade. É só ver, assimilar e pronto, se não for “melhor”, não impressiona. Vamos prestar atenção em detalhes que mostram a volta do Senhor Jesus. Não é por acaso que em Isaías 61:2 diz que fomos ungidos para anunciar O ANO ACEITÁVEL DO SENHOR E O DIA DA VINGANÇA DO NOSSO DEUS. Esse “e” mostra um acréscimo…uma somatória. Sei que se fizermos um profundo estudo acharemos muito mais nesse versículo, mas a palavra deve ser interpretada pelo Espírito Santo e o Senhor tem me dito muito sobre a necessidade de pregar o evangelho da salvação(Ano Aceitável- aceitar Jesus) “e o evangelho da volta do Senhor Jesus(Apocalipse-Juízo). Afinal, evangelho significa “Boas Novas” ou “Boas Notícias” e para quem precisa de um Salvador, Jesus é a boa notícia…e para quem O aguarda todas as notícias sobre os acontecimentos hodiernos do mundo, são boas notícias também, estas precisam gerar alegria e expectativa pela volta do Salvador!!! Mas, se ignoramos os sinais da proximidade do Dia da Vingança do nosso Deus, seremos surpreendidos e até enganados, ao ponto de negarmos e aceitarmos outra marca(sinal da besta), e; o que seria vingança contra os nossos inimigos, introduza a idéia de que seremos alvo certo desta vingança. Muitos me perguntam sobre essas matérias, vídeos e meu crescente interesse neste assunto e respondo que, estava muito alienado. E ver matérias sobre illuminatis, nova ordem mundial, ameaças biológicas, naturais e sobrenaturais devem ser motivo de alegria para os que estão em Cristo Jesus, mas de profunda preocupação aos que não estão sob tal condição. Jesus disse que devemos pregar o evangelho e vigiar… quem vigia, não “dorme no ponto”. Vamos pregar e vigiar…Fabiano Botero

Para maior vigilância, publico vídeo:

Cama de Gato – Novela


Recebi por email e repasso a todos. Boa leitura. Fabiano Botero

A Globo superou todos os limites nessa novela ao colocar como tema uma música do grupo Titãs.
Na música, nenhuma linha de sua letra se consegue tirar algo de poético, de aconselhável pra vida ou de apoio.
A letra da música faz menção discarada do Inimigo de nossas almas que deseja entrar em nossa casa (coração) e destruir tudo, tirarem tudo do lugar (destruir a célula familiar e nossa fé).
 
A música chega ao absurdo de dizer que devemos voltar à mesma prisão, a mesma vida de morte que vivíamos.
 
Amados amigos, fica o alerta, às vezes nem nos damos conta do real propósito de uma novela, de um programa, de uma música, e como Jesus esta às portas, as coisas do mal estão cada vez mais evidentes e claras. Até os incrédulos estão percebendo que algo esta errado.
 
Aproveito para trazer ao conhecimento a letra dessa música, cuidadosamente escolhida pela Globo para servir de tema da dita novela;  música de abertura da novela.
Vamos deixar que entrem Que invadam o seu lar
Pedir que quebrem Que acabem com seu bem-estar
Vamos pedir que quebrem O que eu construi pra mim
Que joguem lixo Que destruam o meu jardim

Eu quero o mesmo inferno A mesma cela de prisão – a falta de futuro
Eu quero a mesma humilhação – a falta de futuro

Vamos deixar que entrem Que invadam o meu quintal
Que sujem a casa E rasguem as roupas no varal
Vamos pedir que quebrem Sua sala de jantar
Que quebrem os móveis E queimem tudo o que restar

Eu quero o mesmo inferno A mesma cela de prisão – a falta de futuro
Eu quero a mesma humilhação – a falta de futuro

Eu quero o mesmo inferno A mesma cela de prisão – a falta de futuro O mesmo desespero

Vamos deixar que entrem Como uma interrogação
Até os inocentes Aqui já não tem perdão
Vamos pedir que quebrem Destruir qualquer certeza
Até o que é mesmo belo Aqui já não tem beleza

Vamos deixar que entrem E fiquem com o que você tem
Até o que é de todos Já não é de ninguém
Pedir que quebrem Mendigar pelas esquinas
Até o que é novo Já esta em ruinas

Vamos deixar que entrem Nada é como você pensa
Pedir que sentem Aos que entraram sem licença
Pedir que quebrem Que derrubem o meu muro
Atrás de tantas cercas Quem é que pode estar seguro?

Eu quero o mesmo inferno A mesma cela de prisão – a falta de futuro
Eu quero a mesma humilhação – a falta de futuro

Eu quero o mesmo inferno A mesma cela de prisão – a falta de futuro O mesmo desespero

Imaginem tudo isso entrando em sua casa… Isso tudo é uma maldição.

Quando você liga sua televisão, você abre uma janela para entrar em sua casa coisas boas ou ruins – isso é uma questão de escolha.
Imaginem nossas crianças cantando isso? Trazendo isso pra dentro do coração e da alma dela? Imaginem você cantando isso?

Tente imaginar de onde o compositor dessa pérola tirou inspiração para compôr tamanha afronta?

A palavra de Deus é clara quando diz; quem esta de pé, veja que não caia. e ainda; examinai todas as coisas, retende o que é bom.

Ai pergunto, parafraseando a própria Bíblia; pode porventura vir alguma coisa boa da Rede Globo?

Pense nisso, anuncie isso, faça conhecer, livre alguns dessa humilhação, dessa opressão, dessa falta de futuro, dessa cela de prisão.

“Foi para LIBERDADE que Cristo nos libertou.” (Gálatas 5.1a)

Jesus esta à porta, e você o que tens preparado para quem será?

%d blogueiros gostam disto: