FATO 55 – DESCOBRIMENTO DO BRASIL


AS MENTIRAS DO “DESCOBRIMENTO” DO BRASIL E DA “INDEPENDEÊNCIA” DO BRASIL FEITAS PELOS CAVALEIROS TEMPLÁRIOS, ATUAIS MAÇONS.

Quando você estudar a história do Brasil, lembre-se dos cavaleiros templários e agradeçam a eles a MENTIRADA que você teve que decorar a vida inteira, como se fosse um teatro de palhaçada. Eles envegonham a história do Brasil. Mais uma mentira, nunca foram patriotas, Os cavaleiros templários criaram as maiores MENTIRAS sobre o descobrimento do Brasil e da Independência Brasileira, para acobertar as suas falcatruas com maçom D. Pedro I, com o maior desrespeito a uma nação. Monte em cima de uma égua às margens de um rio, levante uma espada e grite independência ou morte. Se virar presidente do Brasil, me avise porque eu acredito em papai noel.

Está escrito – Isaías 26: 2 “Abri as portas, para que entre nela a nação justa, que observa a VERDADE.”

Grandes Personagens da Nossa história, Cabral, Abril Cultural, 1969, 3ª capa, “Mapa de Cantino”. Mapoteca do Ministério das Relações Exteriores, Rio de Janeiro, LEMOS que “Os Templários tinham em suas mãos relatórios reservados (secretos) de navegadores que já haviam percorrido regiões desconhecidas e ver preciosidades como as tábuas de declinação magnética, que permitiam calcular a diferença entre o pólo norte verdadeiro e pólo norte magnético que aparecia nas bússolas. E à medida que as conquistas avançavam no Atlântico, eram feitos novos mapas de navegação astronômica, que forneciam orientação pelas estrelas do hemisfério sul, a que também unicamente os iniciados tinham acesso.

Pedro Álvares Cabral só esteve no comando da esquadra porque como iniciado era Cavaleiro da Ordem de Cristo (herdeira da Ordem dos Cavaleiros Templários) e como tal, tinha duas missões: criar uma feitoria na Índia e, no caminho, tomar posse de uma terra já conhecida (Brasil). Sua presença era indispensável pois só a Ordem de Cristo, herdeira da Ordem dos Cavaleiros Templários tinha autorização para ocupar os territórios tomados dos infiéis (profanos?)”. – (da Internet).

Numa manhã de 1859, o Sr. Giuseppe Bani, de Módena, Itália, entrou numa salsicharia. Enquanto esperava que o merceeiro o atendesse, passou a examinar uma planta da loja, cujo forro era feito de pergaminhos desenhados. Esquecido das salsichas, o Sr. Bani, diretor da Biblioteca Estense de Módena, pagou bom preço pelos pergaminhos. Verificou que se tratava da mais antiga carta conhecida onde aparecem o Brasil e a linha das Tordesilhas. Era a primeira vez que se incluíam estas informações, porque os reis portugueses PROÍBIAM sua divulgação (tudo secreto). Para conseguir um mapa completo, Alberto Cantino, espião italiano, teve de subornar um cartógrafo de Lisboa, pagando-lhe 12 ducados de ouro, mas recebeu um bom trabalho.

O artista anônimo, que quase certamente pertenceria às oficinas reais, reproduziu todas as terras conhecidas por Portugal, chegando ao requinte de assinalar a ilha de Ascensão, de localização tão recente que seus descobridores ainda não haviam regressado. O “Mapa de Cantino” (como ficou conhecido) data de 1502 e mede 105 cm x 220 cm. Mostra ainda a costa oriental da América do Norte, que só seria oficialmente descoberta dez anos mais tarde.

COMENTÁRIOS: OLHEM AS MENTIRAS DAS HISTÓRIAS DOS DESCOBRIMENTOS

Quem descobriu o Brasil?

Você aprendeu: Um mero acaso a caminho das Índias. Assim Cabral descobriu o Brasil, em 1500.

Outras Versões: Em missão secreta Duarte Pacheco Pereira teria chegado em 1448. Outros ibéricos a aportar aqui antes de Cabral podem ter sido Américo Vespúcio, Yanez Pinzón e Diego de Lepe. E há quem defenda que chineses não só estiveram aqui, como fizeram filhos com as índias.

1467 ou 1468 – Filho de Fernão Cabral e Isabel Gouveia, nasce no Castelo de Belmonte, na Beira Baixa, Pedro Álvares.

1470 – Lopo Gonçalves passa o equador e navega pela primeira vez no  hemisfério sul.

1478 – Pedro Álvares viaja para Lisboa, onde ingressa na Corte do Rei Afonso V.

1481- Dom João II sucede a Afonso V no trono português. A navegação ganha novo impulso.

1487 – Bartolomeu Dias contorna o cabo da Boa Esperança, chegando à costa oriental da África.

1492 – A serviço dos reis de Aragão e Castela, Cristóvão Colombo chega à América.

1492– Os mouros são expulsos da Espanha.

1494 – Portugal e Castela assinam o Tratado das Tordesilhas.

1495 – Morre Dom João II e Dom Manuel, que seria chamado “o Venturoso”, sobe ao trono de Portugal.

1497/99 – Viagem de Vasco da Gama, que chega às índias pelo Sul da África.

1500 – Dom Manuel resolve organizar uma grande esquadra para estabelecer feitorias nas Índias. Para comandá-la chama Pedro Álvares Cabral.

9 de março: Início da viagem de Cabral. 22 de abril: A esquadra chega ao Brasil.

1ºde maio: Dom Henrique Soares, de Coimbra, celebra a primeira missa no Brasil.

2 de maio: A nau de Gaspar de Lemos retoma a Portugal, levando a carta de Pero Vaz de Caminha. Os demais navios seguem para as Índias.

13 de maio: Quatro embarcações, entre as quais, a de Bartolomeu Dias, são destruídas pela tormenta.

13 de setembro: A esquadra chega a Calicute, na Índia.

1501 – (junho) – Seis navios remanescentes da Grande Esquadra chegam de retorno ao Tejo. Cabral é recebido com festas.

Quer saber mais…veja na SUPER INTERESSANTE.

Anúncios

Sobre Fabiano Botero

Deformado pelo mundo, sendo formado em Cristo!

Publicado em 02/08/2011, em Artigos, Curiosidades e marcado como , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Comente

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: