Parábola do Ferreiro


O Senhor está agindo...

Certa vez, li em uma revista essa parábola. Desde então, nunca mais me esqueci desse texto. Hoje quero compartilhar com vocês essa história. Espero que ela faça vocês refletirem da mesma maneira que me fez.
“Era uma vez um ferreiro que, após uma juventude cheia de excessos, entregou sua alma a Deus. Durante muitos anos, trabalhou com afinco e praticou a caridade, mas apesar de toda a dedicação nada parecia dar certo na vida dele. Muito pelo contrário, os problemas e as dívidas se acumulavam cada vez mais. Uma bela tarde, um amigo que o visitara e que se compadecia da situação difícil do ferreiro comentou: ‘É realmente estranho que justamente depois que você resolveu tornar-se um homem temente a Deus sua vida começou a piorar. Eu não quero enfraquecer a sua fé, mas nada para você tem melhorado’.

O ferreiro não respondeu imediatamente. Ele já havia pensado nisso muitas vezes, sem entender o que acontecia em sua vida. Entretanto, como não queria deixar o amigo sem resposta, começou a falar e terminou encontrando a explicação que tanto procurava. Eis o que disse o ferreiro: ‘Eu recebo nesta oficina o aço ainda não trabalhado e preciso transformá-lo em espada. Você sabe como isto é feito? Primeiro eu aqueço a chapa de aço em um calor infernal até que fique vermelha. Em seguida, sem qualquer piedade, eu pego o martelo mais pesado e aplico golpes até que a peça adquira a forma desejada; logo, ela é mergulhada em um balde de água fria e a oficina inteira se enche com o barulho do vapor, enquanto a peça estala e grita por causa da súbita mudança de temperatura. Tenho que repetir este processo até conseguir a espada perfeita; uma vez apenas não é o suficiente’. O ferreiro deu uma longa pausa e continuou: ‘Às vezes, o aço que chega até as minhas mãos não consegue agüentar esse tratamento. O calor, as marteladas e a água fria terminam por enchê-lo de rachaduras. E eu sei que jamais se transformará numa boa lâmina de espada. Então, eu simplesmente o coloco no monte de ferro-velho que você viu na entrada de minha oficina’. Mais uma pausa e o ferreiro concluiu: ‘Sei que Deus está me colocando no fogo das aflições. Tenho aceitado as marteladas que a vida me dá, e às vezes sinto-me tão frio e insensível como a água que faz sofrer o aço. Mas a única coisa que peço é: Meu Deus, não desista até que eu consiga tomar a forma que o Senhor espera de mim. Tente da maneira que achar melhor, pelo tempo que quiser, mas jamais me coloque no ferro-velho das almas’.”

Extraído – Livro “Derrubando Golias” – Max Lucado

Anúncios

Sobre Fabiano Botero

Deformado pelo mundo, sendo formado em Cristo!

Publicado em 31/03/2010, em Artigos, Reflexões e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. 3 Comentários.

  1. Marcos André

    Fabiano,

    Gostei mt do seu blog, o texto inicial nos remete a uma reflexão muito profunda.
    Serei leitor constante das mensagens publicadas por vc.

    Marcos

  2. marta pitanga e João Luis

    Eu e meu esposo agradecemos.Que Deus continue te abençoando!

Comente

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: